Aquarismo para iniciantes

Aquarismo para iniciantes: tudo que você precisa saber!

Ao contrário do que muita gente pensa, o aquarismo para iniciantes pode ser uma excelente alternativa para encantar as crianças e aproximá-las dos animais.

É recorrente o pensamento equivocado de que o público infantil não gosta de peixes pela falta de interação. Experimente bater com a ponta dos dedos no vidro: os peixes mexem a boca, mudam a direção do nado e ficam entusiasmados quando recebem alimentos!

Existe ainda outro mito: o de que manter o aquário é muito trabalhoso. Qualquer animal doméstico acarreta cuidados para a família. Um gato ou um cão precisam ser vacinados, castrados, adestrados, medicados etc.

Além disso, a compra do aquário pode ser uma inesquecível aventura. Para tanto, envolva seus filhos na montagem e na manutenção. Assim, os pequenos vão aprender a ser mais responsáveis! Ficou interessado? Então veja neste post dicas para ter um aquário incrível. Acompanhe!

Fique atento aos substratos

Quando o assunto é criar peixes, os substratos não podem ficar de fora. Geralmente, eles são compostos por fragmentos de rocha, conhecidos como cascalho.

Eles têm funções decorativas, de controle térmico e de filtragem, além de servirem como amparo para fixação de plantas. Um modelo simples desse viveiro aquático pode funcionar com o substrato de cascalho, mas também aceita o basalto ou a areia de filtro de piscina.

O importante é imitar o habitat natural dos peixes. Os substratos contêm bactérias que decompõem substâncias tóxicas, o que aumenta a qualidade da água. Mais uma dica: esse material deve ser lavado com água corrente sem sabão para não prejudicar os peixes.

Capriche na iluminação                              

Também é preciso pensar na iluminação. A ideia aqui, assim como no caso do substrato, é imitar a natureza. Se sua família quiser reproduzir um recife de corais, deverá reforçar a iluminação. Isso porque esses animais marinhos vivem em áreas de forte presença de sol.

E se for o contrário? Aí você providencia luzes mais amenas. Peixes originários da Amazônia, onde as raízes das árvores invadem os rios, são acostumados a ambientes mais escuros. Desse modo, eles precisam de pouca claridade.

Preste atenção na temperatura

Existem aquecedores com termostato que se adaptam às dimensões de cada modelo de viveiro. Com esse equipamento, é fácil supervisionar a temperatura. Ele só aquece quando for preciso e fica desativado quando o clima estiver mais quente.

Assim, o aparelho deixa o aquarismo para iniciantes muito mais fácil. Você deve estar se perguntando: e quando a gente tiver que deixar o aquário mais frio? Nessas situações, o ideal é usar os resfriadores com termostato.

Eles operam de um jeito bem parecido com o ar-condicionado. Vale lembrar que a temperatura do corpo dos peixes é determinada pelas circunstâncias ambientais.  Por isso, calor e frio extremos podem matá-los.

Observe a movimentação da água

Em aquários não tão complexos, a movimentação da água é fornecida por uma bomba de circulação ou então um filtro. Em projetos mais sofisticados, porém, isso pode ser insuficiente. Há até aparelhos que imitam o ir e vir das ondas do mar, por exemplo. Tudo vai depender do tipo e tamanho que a família escolher.

Mantenha um bom sistema de filtragem

A filtragem é outro tópico que não deve passar despercebido no aquarismo para iniciantes. Há várias formas de se filtrar: química, mecânica, biológica, entre outras.

Por ser um recipiente fechado, o aquário tende a acumular sujeira: alimentos, fezes, animais mortos etc. Esse bolo de resíduo orgânico entra em decomposição, contaminando a água. Para impedir que isso aconteça, a filtragem biológica, por exemplo, pode entrar em ação. Ela metaboliza os dejetos, fazendo com que o potencial tóxico deles sofra redução.

Também é recomendável complementar a filtragem com trocas parciais de água uma vez por mês. O mais indicado é substituir cerca de 20% do volume total.

Como você pôde notar, o aquarismo para iniciantes exige alguns cuidados, mas isso não significa que haja muito trabalho. Hoje, até aquários simples oferecem estrutura e ferramentas para ter peixes bonitos e saudáveis com muita praticidade.

Assim, você despertará o amor de seus filhos pela natureza, além de passar momentos interessantes ao lado deles. Este post te ajudou? Então compartilhe em suas redes sociais!

 

26 Compart.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *