Peixes gostam de luz?

Peixes gostam de luz?

Muitos amantes do aquarismo começaram a desenvolver o apreço por esse hobby na infância e agora querem retomar a atividade. Nesse contexto, é comum que surjam algumas dúvidas. Por exemplo: os peixes gostam de luz?

 Primeiramente, é preciso ter a consciência de que a iluminação é importante para todos os seres vivos. Sendo assim, não se pode montar a luminosidade do aquário pensando apenas no quesito estética.

O tipo de fauna determina qual a intensidade do brilho e os modelos de lâmpadas que devem ser adotados.

Alguns peixinhos têm comportamento noturno e apreciam mais as áreas sombrias. Outros adoram tocas justamente para fugir da claridade. Já deu para perceber que não é simples descobrir se os peixes gostam de luz, não é mesmo? Quer sanar essa dúvida de uma vez por todas? Então confira este post com dicas incríveis. Acompanhe!

Entenda a variação de acordo com as espécies

Quando o assunto é desvendar se os peixes gostam de luz, a melhor dica é pesquisar um pouquinho sobre as espécies do aquário em questão. Elas é que vão definir qual é a iluminação ideal.

Sendo assim, compreenda que alguns desses pets adoram águas mais escuras e procuram se esconder da luz em plantas ou enfeites. Desse modo, são exemplos de animais com essa conduta o acará bandeira, o acará disco e os neons.

Por outro lado, linhagens de bótias, labeos, dojôs, gobis e alguns cascudos ficam estáveis em ambientes bem-iluminados, mas também requerem esconderijos na hora do descanso.

Embora dependam da luminosidade para sobreviver, poucos peixes gostam de luz intensa. Afora isso, o excesso pode provocar o aquecimento indevido do ambiente aquático. Por esse motivo, as lâmpadas devem ficar a cerca de 10 centímetros da superfície da água.

Por isso, é fundamental avaliar quais animais fazem parte do sistema e seus comportamentos em seus respectivos habitats naturais.

Perceba a importância do equilíbrio

Além de serem itens indispensáveis para ressaltar a beleza dos peixes, as lâmpadas também desempenham um relevante papel no ecossistema do aquário. Por causa disso, é vital oferecer claridade com equilíbrio. Para alcançar tal estabilidade, cumpra alguns rituais para não deixar as espécies estressadas ou doentes.

Por exemplo: peixes gostam de luz, mas não apreciam que elas sejam acesas de uma hora para outra. Dessa forma, antes de ligar o sistema de iluminação, abra as janelas do recinto onde o aquário estiver instalado.

Depois, deixe que os raios solares da manhã incidam nesse espaço. Porém, não se esqueça de providenciar uma posição na qual o sol não recaia sobre os peixes de modo direto. Após alguns minutos de exposição à luz natural, você já pode ligar as suas luminárias.

Outros itens também influenciam no volume de luz. Esse é o caso do tamanho do aquário. Quanto mais altos, maior será a potência necessária para suprir a carência de claridade.

Lembre-se de que a iluminação afeta a fotossíntese de algas e plantas. Esse fenômeno da natureza, por sua vez, interfere na qualidade da água, ajudando a eliminar o dióxido de carbono. Assim, com a iluminação comedida, os peixes não morrerão asfixiados por essa substância tóxica.

Mais um papel da iluminação é contribuir para fixar no corpo dos animais algumas vitaminas e o cálcio, o que dá suporte para afastar os riscos de desnutrição.

Experimente luminárias prontas para aquários

Uma boa alternativa para os aquaristas é escolher luminárias prontas e apropriadas para aquários. Elas são fabricadas do jeito que a maioria dos peixes gostam de luz: nem muito escura nem muito clara.

Esse produto conta com três cores de lâmpadas led: azul, branco e rosa. A instalação é fácil, e a estrutura muito resistente. Com hastes reguláveis, essa mercadoria atende a aquários de volumes variados. Veja algumas vantagens:

  • custo-benefício: produzida no Brasil, essa luminária tem um preço mais vantajoso para o consumidor;
  • estética: há opções de combinação de cores de azul com branco e de azul, branco e rosa. Isso possibilita formar efeitos incríveis e diversificados no aquário;
  • bem-estar dos peixinhos: a intensidade da luz já vem adaptada para o gosto dos peixes. Com isso, não há danos aos animais, que sobrevivem por mais tempo. Desse modo, vai ficar bem mais fácil deixar o aquário saudável;
  • variedade de tamanhos: essas luminárias servem a uma diversidade de dimensões de aquários muito vasta. Tanto é assim que elas se ajustam a aquários de 20 centímetros até os maiores, com até um metro de largura. Além disso, são compatíveis com peixes de água doce e salgada.

Como você já deve ter percebido, os peixes gostam de luz! Mais do que isso: eles dependem da iluminação para sobreviver. No entanto, esse é um tema muito delicado, já que cada espécie aprecia uma intensidade diferente.

Para garantir menos trabalho no dia a dia, nada melhor do que adquirir conjuntos de lâmpadas feitos especialmente para o aquarismo. E você? Quer saber mais sobre o comportamento dos peixes? Então leia também outro artigo e descubra se os peixes ouvem!

Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0

2 thoughts to “Peixes gostam de luz?”

  1. Muito bacana este post . otimos esclarecimento vai ajudar bastante na manutençao e.bem estar dos peixinhos do meu aquario.. Qual seria a iluminaçao ideal para peixes jumbos carnivoros.

    1. Boa tarde Fabiano, tudo bem? Agradecemos pela mensagem! Os peixes jumbos não necessitam de iluminação especial, uma luminária de LED que realça as cores já é o suficiente. O importante são às 8 horas por dia de iluminação para não atrapalhar o horário biológico do peixe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *