os peixes ouvem

Os peixes ouvem? Eles têm ouvidos? Eles gostam de música? Saiba já!

É muito comum que os apaixonados por aquarismo sintam vontade de passar o amor pela criação de peixes aos filhos. Nem sempre, porém, é simples envolver a criançada nesse hobby, mesmo ele sendo tão fascinante para você. Nesse sentido, explicar sobre curiosidades, como se os peixes ouvem, pode ajudar a despertar o entusiasmo no público infantil.

Afinal, esses seres aquáticos são mesmo muito interessantes e são ótimos instrumentos para um aprendizado lúdico. Desse modo, contar para os pequenos se esses animais conseguem sentir dor, o que eles comem ou até mesmo como respiram é uma ótima estratégia de atrai-los para essa atividade.

E você? Ficou com vontade de descobrir se os peixes ouvem mesmo? Então venha com a gente!

Leia Mais
Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0
aquarismo iniciante

Saiba se o aquário pode ser considerado um ecossistema

Quando o assunto é a ecologia, muitas dúvidas surgem sobre o que é exatamente um ecossistema. Nesse sentido, vários amantes da criação de peixes já devem ter se perguntado: o aquário pode ser considerado um ecossistema?

Se você tem essa dúvida, saiba que os ecossistemas não são somente meios complexos e de tamanho vasto. Por exemplo: um oceano é tido como um ecossistema, mas um pequeno lago em um sítio também. Até mesmo uma única árvore pode se enquadrar nesse conceito.

Quer saber se um aquário pode ser considerado um ecossistema mesmo? Então leia neste post um esclarecimento sobre o assunto. Acompanhe! Leia Mais

Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0
o que os peixes comem

O que os peixes comem?

Da mesma forma que acontece com os seres humanos, a boa alimentação dos peixes é algo fundamental para preservar a saúde e evitar doenças. Por isso, saber o que os peixes comem pode fazer toda a diferença para quem quer manter esses pets bonitos e vigorosos.

Aliás, a comida interfere até na estética final de um aquário. Isso porque animais bem nutridos ficam mais brilhantes e têm as cores mais vivas. No aquarismo, há diversos itens que podem ser refeições: ração granulada e floculada, vegetais, patês e até outros animais. Que tal entender um pouquinho mais sobre o que os peixes comem? Então confira! Leia Mais

Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0
peixes sentem dor

Peixes sentem dor?

Quem gosta muito de aquarismo, uma hora ou outra, pode se deparar com a seguinte dúvida: os peixes sentem dor? Uma parte dos especialistas defende que sim, já que foi constatado nesses animais um sistema nervoso que responde ao sofrimento físico.

Para outros pesquisadores, porém, a existência de neurônios nesses animais não seria o suficiente para comprovar que os peixes sentem dor. Segundo essa segunda vertente, eles não teriam um cérebro complexo o bastante para assimilar essa sensação. Tem curiosidade em saber qual teoria está certa? Então leia este post e tire as suas próprias conclusões. Venha com a gente! Leia Mais

Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0
doenças em Peixes

Como identificar e tratar doenças em peixes

Doenças em peixes são um pesadelo para qualquer amante do aquarismo, não é mesmo? Infelizmente, as enfermidades nesses amiguinhos são bastante comuns. Por outro lado, a maior parte delas pode ser tratada, embora haja casos em que as mortes são mesmo inevitáveis. Infecções por fungos, parasitas e bactérias são muito frequentes. Mas existem ainda doenças mais raras, como as congênitas e os tumores.

Mais um ponto importante é que manter a qualidade da água — com as devidas trocas ou então com um sistema de filtragem eficiente — afasta esse risco. O tratamento vai depender do tipo de moléstia: remédios e isolamentos são maneiras de ajudar na recuperação dos pets aquáticos. Quer saber mais? Então veja neste post dicas úteis para perceber e cuidar do peixe quando ele estiver com a saúde abalada. Acompanhe! Leia Mais

Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0
aquário saudável

Como manter o aquário saudável

Criar peixes como pets é uma atividade divertida e relaxante ao mesmo tempo. Afinal, os apaixonados por esse hobby sabem bem o quentinho que dá no coração quando a gente alimenta esses amigos aquáticos: eles agitam suas caudas e nadadeiras de tanta alegria, e isso é muito legal. Como ficar indiferente? Mais uma vantagem é que esse passatempo traz calma e sossego para uma sala ou outro tipo de ambiente. Só que não basta investir em decoração e comprar os peixes mais belos do universo. Para ter um aquário saudável, é crucial algum esforço.

Ao contrário do que muita gente pensa, o aquarismo não é muito trabalhoso, porém requer certos cuidados com a água, as luzes e a comida. Quem já teve esses pets no passado precisa entender que hoje os equipamentos e acessórios estão mais modernos. Já para quem trabalha com as vendas nessa área, a atualização nunca é demais, não é mesmo?

Quer ver seus peixes de estimação com saúde e muito vigor? É simples: leia neste post dicas incríveis para deixar o aquário saudável. Venha com a gente! Leia Mais

Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0
peixes se reproduzem

Veja como os peixes se reproduzem

Quando o assunto é o aquarismo, há muita informação interessante e que pouca gente sabe. Por exemplo, você já parou para pensar como os peixes se reproduzem? Existe um consenso um pouco equivocado de que a procriação das várias espécies se dá apenas por meio da colocação de ovos. Isso nem sempre é verdade.

Desse modo, cada linhagem gera novos animaizinhos de um jeito diferente. Algumas variedades até trocam de sexo: nascem machos e viram fêmeas e vice-versa. Para quem aprecia a atividade e quer despertar essa paixão nos filhos, abordar esse assunto pode ser uma boa forma de atrai-los à magia dos ambientes aquáticos.

Quer saber mais? Então veja neste post dicas fascinantes sobre como os peixes se reproduzem. Venha com a gente! Leia Mais

Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0
peixe betta

Como cuidar do meu peixe betta?

O peixe betta é um dos grandes queridinhos dos apaixonados por aquarismo, sem sombra de dúvidas. Isso porque essa espécie proporciona muitos benefícios para os criadores, principalmente para quem está começando nessa atividade.

Afinal, os cuidados com esse amiguinho são simples e econômicos. Eles também contam com saúde vigorosa, o que reduz o risco de mortes. Além disso, são animaizinhos encantadores com suas cores vivas e suas barbatanas fartas.

Também conhecidos como “peixes de briga”, eles agem de forma bastante agressiva com os indivíduos da mesma espécie. Por essa e outras razões, alguns cuidados são necessários para garantir o bem-estar desse peixinho. Ficou interessado? Deu vontade de ter um peixe betta? Então aprenda neste post como cuidar do seu! Confira! Leia Mais

Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0
iluminação para aquário

Saiba escolher a iluminação ideal para o aquário

Escolher a iluminação para aquário pode ser uma boa oportunidade de chamar a atenção dos seus filhos para a criação de peixes. A luz, quando incide sobre esses animaizinhos, ressalta as suas cores e deixa o ambiente bem mais bonito. Isso faz desse cuidado uma experiência interessante e divertida.

A maioria dos seres vivos depende de luz para ficar saudável. A quantidade e a coloração das lâmpadas, porém, variam conforme o tipo de tanque. Nos reservatórios com plantas, por exemplo, a luminosidade é essencial por causa da fotossíntese, que faz com que a vegetação se desenvolva e sobreviva.

Na hora de providenciar o nível de luz, leve em conta o consumo de energia e a durabilidade. No caso dos peixes, a incidência de raios luminosos serve para intensificar as cores e as formas, mas também pode interferir no comportamento. Ficou interessado? Então veja neste post como conseguir uma iluminação para aquário fascinante e adequada! Leia Mais

Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0
aquário de água salgada

Aquário de água salgada: 4 dicas para manter

Ter um aquário de água salgada não é tão simples como manter um de água doce. Os tanques marinhos são mais caros e exigem mais cuidados de manutenção. Mas tem outro lado: se você anda pensando em encantar as crianças e envolvê-las no aquarismo, o método com sal talvez seja mesmo a melhor solução.

É que os aquários com água salgada são muito mais bonitos. Neles, é possível criar os corais, animais que dão cores e formas fantásticas para o ambiente. Esses seres vivos se mexem dentro do seu reservatório e chamam a atenção dos peixes de estimação, dando mais movimento e emoção para o que acontece no tanque. Em termos de efeitos, o ecossistema salino é mesmo bem mais charmoso. Ficou interessado? Então veja neste post 4 dicas para cuidar do aquário de água salgada sem erros. Confira! Leia Mais

Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0