Aquário com peixinhos nadando

Aquarismo no Brasil evolui e se torna mais popular

Cada vez mais, os peixes estão entre os animais preferidos para se tornarem um bichinho de estimação, o que vem alavancando o aquarismo no Brasil. Aliás, no país, os peixinhos ficam no quarto lugar no ranking dos animais domésticos mais amados. Desse modo, na frente dessa estrela das águas, figuram apenas cães, gatos e pássaros.

Além disso, existe uma tendência de crescimento nesse setor. Afinal de contas, o aquarismo é uma excelente forma de combater o estresse, problema cada vez mais comum.

Com a expansão do número de famílias em apartamentos, criar um peixe acaba sendo uma alternativa mais viável. Dessa forma, isso vem dando fôlego para a área. Quer saber mais? Então veja neste post a evolução do aquarismo no Brasil!

Aquarismo no Brasil começa com jesuítas

O Aquarismo no Brasil fica mais conhecido a partir do final do século 19. No entanto, desde muito antes, já havia confirmações de aquários em nossas terras. Assim, um padre jesuíta de Salvador, Fernão Cardim, descreveu um aquário no convento onde morava em 1.583.

No início dos anos 1.900, holandeses e franceses no Nordeste trouxeram os primeiros exemplares. Com isso, o povo brasileiro ficou encantado com a beleza das estruturas e dos pets aquáticos.

No Rio de Janeiro, aconteceu a 1.º Mostra de Aquários na Exposição Internacional do Centenário da Independência, em 1922.

Em 1943, é realizada a 1.º Exposição de Peixes Ornamentais, no Parque da Água Branca. Essa feira contou até com o então presidente Jânio Quadros.

Já em São Paulo, em 1953, foi inaugurado o Núcleo de Aquarianos da Sociedade Geográfica Brasileira, a primeira instituição de aquarismo do país.

Atividade está cada vez mais acessível

Durante muito tempo, o aquarismo no Brasil ficou bem restrito. Afinal, existiam pouquíssimos adeptos desse hobby. Isso porque era necessário entender muito do assunto para manter os equipamentos em operação e o aquário saudável.

Hoje em dia, o aquarismo no Brasil está muito mais acessível, tanto em termos de valores como de facilidades tecnológicas. Por esse motivo, as vendas ficaram mais simples. Assim, dá para oferecer aquários semiprontos que exigem muito pouco do aquarista.

Desse modo, com alguns desses acessórios e ferramentas, o aquário só precisa da intervenção humana uma vez por semana, por aproximadamente meia hora. Até mesmo a criação de peixes para crianças hoje está disponível, com total segurança.

Rações industriais aumentam o tempo de vida dos peixes

O aquarismo no Brasil também passou por um progresso na questão das rações industrializadas, que ficaram mais eficazes. Assim, ficou mais fácil garantir os nutrientes necessários para cada tipo de peixe.

Com isso, a expectativa de vida dos indivíduos aumentou. Atualmente, nosso país conta com mais de 300 espécies de peixes decorativos.

Aquarismo no Brasil oferece muito mais praticidade

Uma conquista do aquarismo no Brasil são equipamentos modernos que deixaram essa atividade mais prática e bem-sucedida. Desse modo, o lojista pode optar em pôr à venda aquários em kits completos. Ou seja, o consumidor adquire um combo e já leva filtro, decoração, luminária etc.

Tudo isso é possível por meio do nosso Aquakit, elaborado especialmente para pet shops ainda sem uma ala de aquarismo. Na verdade, a criação de peixes é um dos nichos mais rentáveis no mercado pet.

Por essa razão, com esse produto, você aproveita a oportunidade de crescimento com um baixo risco. O Aquakit é um conjunto com aquário e acessórios que segue o sistema plug and play, isto é, muito simples de funcionar.

Esse combo pode ser vendido com a nossa Bateria Aquaterrário. Nesse caso, ela é uma estrutura de metal que comporta diversos aquários em andares para você expor na sua loja.

Além disso, a qualidade da água, a iluminação e a temperatura são controladas pelo próprio equipamento, ou seja, praticamente não há trabalho extra para o comerciante. Já os animais ganham em qualidade de vida, uma vez que não estarão submetidos ao estresse por causa de instabilidades.

Mais uma informação: cada um dos Aquakits conta com a AquaLed, uma luminária prática de aquário, disponível em várias dimensões. Assim, elas atendem de simples aquários beteiras até os maiores aquários marinhos. Em outras palavras, essas lâmpadas são suficientes para aquários de 20 centímetros até um metro de largura.

Por fim, ainda temos outro produto especial: o Aquabetta. Ele é bem parecido com o Aquakit, só que tem a proporção ideal para betta, ocupando menos espaço.

Como você pôde notar, o aquarismo no Brasil cresce a passos largos. Nesse cenário, um pouquinho de visão e uma pitada de tecnologia podem abrir as portas para um novo nicho. Por que não? Afinal de contas, crescer é o que você quer, não é mesmo?

Que tal então conhecer mais detalhes? Confira os benefícios da Bateria Aquaterrário!

2 thoughts to “Aquarismo no Brasil evolui e se torna mais popular”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *