peixes tem depressão

Peixes têm depressão? Descubra aqui!

A todo momento ouvimos notícias e casos sobre doenças mentais, não é mesmo? Pode parecer inacreditável, mas, sim, os peixes têm depressão! Ao menos é o que afirmam alguns pesquisadores que realizaram testes com esses amáveis animais.

Por um lado, é natural duvidar que eles sejam capazes de sofrer de um mal tão complexo. Afinal, os peixes são fisicamente primitivos, sendo que muitos deles não passam de alguns poucos centímetros, não é mesmo? Pois saiba que os peixes dormem, os peixes sentem dor e mais: os peixes gostam de música!

Porém, a tristeza persistente pode acometer nosso amiguinho de nadadeiras quando ele é privado de alguma necessidade essencial. Nesse sentido, pode ser um habitat desfavorável, a agressão de outros animais no aquário ou simplesmente falta do que fazer.

Mas não precisa se preocupar se você tem um aquário em casa. Neste post, vamos te contar por que os peixes têm depressão e como ajudá-los a superar o problema. Confira!

Por que os peixes têm depressão?

De acordo com a professora de Biologia da Universidade de Penn State, nos Estados Unidos, Victoria Braithwaite, o tédio é causa de depressão na maioria dos casos em peixes. Isso mesmo!

Na natureza, eles caçam, nadam, disputam territórios, exploram vegetais. Dessa forma, quando colocados em um aquário com poucos atrativos e espaço insuficiente para o nado, esses pets aquáticos realmente podem ficar no extremo do desânimo.

Como saber se o caso é grave?

O professor do Departamento de Ciências Biológicas e Ambientais da Universidade de Troy, no Alabama, também nos Estados Unidos, Julian Pittman afirma que o tempo no fundo do aquário pode dizer o quanto o peixe está deprimido.

Assim, segundo o pesquisador, os peixinhos que nadam lá no fundo do aquário são os que apresentam essa doença. Porém, seus estudos se concentraram no peixe paulistinha, espécie que ele pesquisou durante 10 anos.

Desse modo, não podemos afirmar que a tática vale para todas as linhagens. Contudo, quando o animal recusa a comida e não se movimenta muito, ele pode estar com depressão ou outra complicação de saúde.

Mais um detalhe importante: algumas espécies por sua própria natureza gostam de nadar mais para o fundo. Nesses casos, não significa que os indivíduos estejam deprimidos, ok? Por esse motivo, sempre batemos na tecla da importância de estudar os tipos de peixes antes de levá-los para casa.

Quando os peixes têm depressão, o que devemos fazer?

Agora que você já sabe que os peixes têm depressão, é hora de saber como podemos ajudá-los. Dessa forma, primeiramente observe o tamanho do aquário. Assim, garanta que as dimensões sejam compatíveis com as espécies.

Afinal, a falta de espaço para nadar deixa nossos pets aquáticos bem chateados e com razão! Caso não seja esse o problema, verifique se não é o lugar do aquário o motivo do incômodo. Os peixes não gostam muito de sol, nem de barulho, nem de lugares com aromas muito fortes.

Agora, se também não for isso, provavelmente estão faltando acessórios. Assim, capriche na hora de decorar o aquário, colocando plantas, caverninhas, pedrinhas e outros itens que entretenham o pet.

Depois, com esses quesitos em ordem, com certeza você vai conseguir um aquário saudável com peixinhos felizes da vida!

Portanto, os peixes têm depressão sim! Diante disso, os tutores devem ficar atentos no modo de agir desses amiguinhos. Porém, a boa notícia é que quase sempre pequenas medidas são suficientes para reanimá-los.

Assim, seu aquário vai ficar repleto de peixinhos alegres, brilhantes e cheios de saúde. Por falar nisso, que tal aprender mais sobre aquarismo?

Então leia também nosso post que conta como identificar doenças em peixes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *